No novo hotel da Caparica não há horas para almoçar nem para jantar

17-04-2023

A três quilómetros das praias da Costa da Caparica nasceu o Crowne Plaza Caparica Lisbon, o primeiro projeto do grupo DHM ‒ Discovery Hotel Management na Área Metropolitana de Lisboa. Entre o passado e o presente, aposta na temática do surf, bem patente nos renovados quartos, ao mesmo tempo que evoca uma figura local que deu nome à receita de amêijoas mais famosa do País: Bulhão Pato.

Inaugurado no dia 23 de março, o Crowne Plaza Caparica Lisbon está instalado no antigo edifício da Aldeia dos Capuchos. A propriedade sofreu obras de requalificação para que possam oferecer um "serviço de excelência a quem o visita". Além disso, foi acrescentado um espaço importante a pensar nas crianças e nas famílias: o Kids Club.

Com quatro tipologias distintas — standard, premium, one bedroom suite e two bedroom suite —, a nova unidade hoteleira tem um total de 227 quartos, a maioria com vista para o mar e para as emblemáticas praias da Costa da Caparica.

Com um conceito diferente das outras unidades hoteleiras do grupo, o Crowne Plaza Caparica Lisbon integra a categoria MICE ‒ Meeting, Incentives, Conferences and Exhibitions. Dispõe, por isso, de sete salas de reuniões, com capacidade para 500 pessoas, e ainda uma sala de eventos para 350 pessoas, que funcionam numa zona independente do hotel. 

Apesar de integrar esta categoria, a unidade hoteleira também está bastante focada no público nacional, sejam casais ou famílias portuguesas, que queiram escapar para um local junto à praia. O hotel oferece ainda um "ginásio de topo", com zonas de cardiofitness, musculação, treino funcional e alongamentos.

Além disso, tem uma equipa preparada para acompanhar os clientes em áreas como gestão de peso, reabilitação física, pré e pós-parto, ou preparação de atletas. Para os que gostam de aulas de grupo, podem juntar-se às atividades de ioga, airflow ou animalflow.

Existem também duas piscinas, uma no exterior e outra no interior, ambas aquecidas, de 19 e 22 metros, respetivamente. Já o spa do hotel está equipado com sete salas de massagem, sauna e banho turco, além de uma vasta oferta de tratamentos.

Outros dos grandes destaques é o restaurante do hotel, a Raimundo. O nome é uma homenagem ao poeta Raimundo de Bulhão Pato que marcou a história da Costa da Caparica, não pela arte da escrita, mas pelos seus gostos gastronómicos e pela famosa receita de ameijoas que ajudou a popularizar. 

Aqui, o conceito é o de all day dining e o principal objetivo é a liberdade dos clientes: são eles que decidem os seus horários e rotinas, para que nunca deixem de se sentir em casa. Aqui o tradicional não existe: almoço servido entre as 12h30 e as 15 horas, ou jantar que só se come depois das 19h30. Neste hotel pode pedir aquilo que lhe apetece das 7h30 à meia-noite.

O restaurante divide-se em duas grandes áreas, uma mais dedicada ao serviço de buffet, e outra com maior privacidade para aqueles que procuram uma experiência de refeição à carta, com opções de snacks, saladas, pratos para partilhados e, claro, os pratos principais, onde pode experimentar os pratos de autor do chef Fábio Leonardo, ou degustar o peixe fresco que chega diariamente da lota.