Madrid, Espanha

20-04-2023

A pouco mais de 5 horas de carro, ou de uma rápida viagem de avião, facilmente se chega à capital do "país vizinho" a partir de Lisboa. Pode aproveitar um dos vários feriados, ou um simples fim de semana, para partir à descoberta de Madrid. 

Caso pretenda ir na estação mais quente do ano, aproveite o "pretexto" e assista ao Universal Musical Festival, que se realiza de 25 a 30 de julho e recebe nomes como a lenda brasileira Gilberto Gil.

Passeio desde a Puerta del Sol ao Teatro Real de Madrid

Se gosta de caminhar, então prepare-se… Afinal, é a percorrer cada rua que se sente o ritmo e o pulsar do coração de uma cidade. E em Madrid as batidas têm tanto de intensas como de memoráveis. Pode começa na Puerta de Sol, um dos lugares de eleição de madrilenos e turistas.

Por aqui, vai encontrar a famosa estátua "El Oso y el Madroño" (em português, "O Urso e o Medronheiro"), várias pastelarias para tomar o pequeno-almoço e ainda a placa alusiva ao "quilómetro zero", de onde partem todas as estradas espanholas.

Depois disso pode "mergulhar" na fundamental Plaza Mayor, seguindo em direção ao Mercado de San Miguel, um lugar histórico onde também pode aproveitar para petiscar qualquer coisa.

Para quem gosta de História, há lugares de visita (quase) obrigatória como, por exemplo, a imponente Catedral de la Almudena. Com mais de 70 metros de altura, a cúpula deste templo oferece uma das melhores vistas sobre a cidade de Madrid.

No entanto, os pontos de interesse próximos não se ficam por aqui. Entre outros lugares, pode visitar ou contemplar de fora:

  • O Palácio Real
  • O Teatro Real de Madrid
  • Os incríveis jardins de Sabatini
  • E o San Ginés, onde pode 'devorar' os melhores churros do mundo!

Barrio de las Letras: paragem para os aficionados de literatura

Se é um verdadeiro "livrólico", então não pode mesmo perder o famoso Barrio de Las Letras. Por aqui, viveram os grandes escritores do 'século d'ouro' da literatura espanhola, tais como Miguel de Cervantes e Lope de la Vega.

Passar neste bairro é sinónimo de sentir, em cada passo, a poesia de outros tempos. Não faltam também as livrarias antigas para te transportar para as páginas de uma obra, onde Madrid assume o papel de protagonista.

Contemplar as vistas e mergulhar no mundo de David Bowie

Outro plano a considerar é subir ao rooftop do Círculo de Belas Artes e contemplar uma das melhores vistas do centro de Madrid. Pode ainda visitar o Colégio de Arquitectos de Madrid, onde vai encontrar a exposição inédita "Bowie Taken By Brian Duffy".

Nesta mostra, podes viajar até aos anos 70 e 80 através da lente do britânico Brian Duffy, que captou vários momentos do lendário David Bowie. Esta exposição está aberta de terça a domingo, das 10h às 21h, até ao dia 25 de junho.

Pode também andar de barco no coração do Parque del Retiro, visitar o Palácio de Cristal, ou ainda o polémico monumento que representa Lúcifer… 

Não deixe de visitar a Gran Vía, pois esta não é uma via qualquer, mas, sim, a avenida madrilena por excelência e a zona favorita de quem adora fazer compras.

A alguns minutos a pé da Gran Vía, tens outras atrações turísticas, que não dispensam uma fotografia para mais tarde recordar, tais como a Plaza de Cibeles e a fonte, com o mesmo nome, que é um símbolo de Madrid. Outra paragem indispensável é a Puerta de Alcalá.

Na direção oposta, já depois da Plaza de España, existe outro lugar incrível: trata-se do Templo de Debod, o único exemplar de construção egípcia em Espanha. 

Madrid também é sinónimo de desporto. Portanto, pode sempre optar por um tour ao Estádio Santiago Bernabéu, casa do Real Madrid. 

E ainda poderá visitar a primeira exposição oficial de Fórmula 1 em todo o mundo. Uma vez mais, nuestros hermanos acolhem uma mostra única. Trata-se de uma experiência imersiva e interativa, que conta a extraordinária história desta modalidade alucinante. 

Há muitas outras atrações e lugares que poderiam ser aqui incluídos, mas lembre-se que é impossível conhecer tudo de uma só vez. De facto, seria preciso uma vida inteira para apreciar Madrid da melhor maneira. Afinal, não há cidade europeia com mais movimento noturno do que Madrid. Se procura algo um pouco mais alternativo, pode sempre ir a Malasaña ou à La Latina.